informaçõesnatureza

Incêndios florestais e cortes de energia assolam a Europa em mais um dia com calor recorde

Ao menos seis pessoas morreram devido às altas temperaturas. Onda de calor deve se manter na região nos próximos dias.

Centenas de bombeiros foram mobilizados para controlar incêndios florestais no sul da França, neste sábado (29), à medida que uma onda de calor provoca temperaturas recordes em certas partes da Europa. Ao menos seis pessoas morreram.

No departamento francês de Gard, a mais atingida, foi marcada a maior temperatura já registrada na França, de 45,9°C. Lá, diferentes focos de incêndio florestal foram registrados em cerca 550 hectares de terra. Casas e veículos ficaram completamente destruídos.

“Chegamos muito perto de um desastre”, disse Didier Lauga, prefeito de Gard, a jornalistas. “Ainda há bombeiros no local para o caso de os incêndios começaram de novo.”
Cachorro se refresca na Fonte Trocadero, perto da Torre Eiffel, em Paris, em dia quente durante onda de calor que elevou a temperatura acima de 45° C — Foto: Zakaria Abdelkafi/AFP

Cachorro se refresca na Fonte Trocadero, perto da Torre Eiffel, em Paris, em dia quente durante onda de calor que elevou a temperatura acima de 45° C — Foto: Zakaria Abdelkafi/AFP

O prefeito aponta o calor extremo como principal causa dos incêndios. Ele também comunicou a prisão de um homem acusado de colocar fogo em uma mata.

Ao menos 15 bombeiros e diversos policiais ficaram feridos nas ações em Gard, onde 700 bombeiros e 10 aeronaves foram mobilizados para conter as chamas, segundo os serviços de emergência.

Na adjacente região de Vaucluse, as autoridades disseram que um homem que praticava ciclismo em uma área montanhosa morreu após entrar em colapso devido ao calor.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close